Notícias

Um Milhão De Violões: Músico Israelense Distribui Instrumentos A Alunos Carentes

Notícias 10/02/2020/ 16:31:42
Um Milhão De Violões: Músico Israelense Distribui Instrumentos A Alunos Carentes Um importante projeto música nas escolas que começou nos Estados Unidos e também foi lançado em Israel já está criando impactos positivos com apenas um ano de atuação, inclusive sendo requisitado em lugares como uma pequena escola na Etiópia e um campo de refugiados em Lesbos, na Grécia. "Se conseguirmos professores e um local seguro para guardar os violões, podemos ajudá-los", garantiu ao "Israel 21C" David Broza, o idealizador da ONG "One Million Guitars", que distribui violões para alunos carentes.

O cantor e guitarrista israelense, que divide seu tempo entre Israel e os EUA apresentando-se regularmente nos dois países, agora se dedica ao One Million Guitars, lançado no início de 2019 nos EUA e em dezembro de 2019 em Israel. O projeto dá violões de produção própria e aulas para crianças carentes que, de outra forma, não teriam oportunidade de aprender e tocar um instrumento. “Isso tem impacto imediato, é fantástico ", disse ele ao "The Times of Israel".

A ideia surgiu, literalmente, no meio de uma rua de Nova York, por onde passava o empresário de alta tecnologia Edo Segal. Ele avistou o músico e o chamou, dizendo que havia assistido ao documentário "Jerusalém Oriental/Jerusalém Ocidental", de 2014, que mostra Broza ensinando música para 50 crianças. "Você deveria dar guitarras para essas crianças e eu posso te ajudar", disse Segal a Broza.

Os dois, estranhos até então, perceberam que a ideia tinha um potencial bem maior e dali só foi crescendo. Segal contratou um advogado para ajudar a criar uma organização sem fins lucrativos e sugeriu que o nome fosse One Million Guitars.

Broza começou a arrecadar dinheiro de financiadores privados e de empresas como Viacom e Paramount. "Não é nada fácil. Eu vou a lugares onde as pessoas não me conhecem. Não é como em Israel", disse ele sobre a arrecadação de fundos.

A organização já construiu 1.300 violões em seu primeiro lote e agora há uma lista de espera de 80 mil nos EUA e outra "interminável" em Israel, segundo o músico. A meta é distribuir 100 milhões desses instrumentos que têm a roseta (buraco do violão) em formato de coração. Cada um tem o custo de US$ 100.

O programa já alcançou dezenas de milhares de alunos carentes da quarta e quinta séries em 3.300 escolas de 43 estados. "São violões de madeira, muito bem construídos e muito acessíveis, que soam bem e são duráveis. Espero que isso ajude na auto-estima e que o instrumento seja um marco para eles. Afinal, é difícil para eles acreditar que alguém lhes dê algo", disse Broza.

Nos EUA, Broza está doando violões por meio de programas parceiros como o Little Kids Rock em Nova York e o Guitars in the Classroom em San Diego, que fornecem professores e um currículo. Os alunos ficam com o violão depois de dois anos de instrução. Em Israel, ele também precisa fornecer o currículo e os professores, e fazer com que as escolas participem do projeto.

"Não existem instrumentos suficientes nas escolas públicas e os fornecemos a todos os alunos que desejam estudar violão", diz Broza. Ele acredita que o acesso precoce à educação musical pode ser crucial na vida de uma criança com talento latente.

As crianças que participam do One Million Guitars recebem uma senha para um site do YouTube que os orienta a praticar em casa. Eventualmente, pode haver comunicação entre todos os grupos. "Estou recebendo vídeos de crianças de todo o mundo. Sinto-me feliz por poder assumir esta missão", diz Broza.

Video: https://youtu.be/qgXA0BqbgZk

FONTE: Reverb
Outras Notícias